No topo do mundo

Li pela primeira vez sobre o Burj Dubai em meados de 2008, o texto abordava a construção do edifício como se fosse uma obra de ficção cientifica, mas não é ficção, o Burj está lá para quem quiser ver e subir nele, se hospedar no hotel 7 estrelas ou comer no restaurante panorâmico é um pouco mais complicado.

Nós o deck do Burj Khalifa

Nós o deck do Burj Khalifa

Olhando de baixo a estrutura do Burj Khalifa, isso mesmo, após a crise o prédio mudou de nome graças a uma doação generosa do Khalifa de Abu Dhabi que salvou o término da construção do edifício.

Voltando para essa monstruosidade, o Burj Khalifa impressionando quando visto de baixo. Ao subir nele é possível ver toda Dubai e ver todos os outros arranha-céus ao lado dele.

Se você estiver indo para Dubai, aconselho reservar a visita com antecedência no burjkhalifa.ae. A quantidade de pessoas lá no deck é limitada e você poderá chegar em Dubai e ficar sem conseguir subir no prédio.

A nossa experiência no deck do Burj Khalifa foi muito especial. Foi curioso sentir calor, mesmo estando a tantos metros do chão.

Existem dezenas, se não, centenas de curiosidades sobre o Burj Khalifa. Veja a seguir algumas:

  • O mais alto do mundo com 829 metros
  • O deck não fica no topo, mas também é o deck mais alto do mundo com 555 metros.
  • O elevador é o mais rápido do mundo, atingindo 35km/h durante a subida. O elevador percorre 504 metros entre o chão e o topo.
  • A balada mais alta do mundo (144 andar)
  • A estrutura com maiores andares no mundo com 163 andares.



Comments

comments