Surpresa no roteiro com super-herói

Eu começo o texto fazendo um pedido à você, que na década de 80 assistia todos os episódios de O Fantástico Jaspion, na TV Manchete.

Pare o que está fazendo e dê play no video!

Agora, deixe sua memória viajar naqueles dias em que era criança e assistia sem piscar os olhos, a série do guerreiro celestial, mais famosa das galáxias. Tente se recordar das ameaças do terrível Satan Goss, do Império dos Monstros e a nave especial Daileon, que tinha a habilidade de transformar-se num poderoso robô gigante. Conseguiu se recordar?

Jaspion

Jaspion

Seiki Kurosaki e Hiroshi Watari

Seiki Kurosaki e Hiroshi Watari

O seriado fez parte da minha infância, e acredito que tenha feito parte da infância e adolescência de muitos, também.

Mas aí você pensa, o Pé nas Nuvens é sobre viagens, o que tem a ver o Jaspion nessa história? Tem tudo a ver e eu explico:

Durante o nosso planejamento para a trip do Japão, listamos alguns lugares que queriamos conhecer. A ilha de Okinawa estava no topo. Mas, para chegarmos lá, precisavamos pegar um voo de 3 horas de Tokyo e ficariamos apenas alguns dias na ilha, o custo do transporte para começar essa brincadeira seria em torno de U$600 (cerca de R$2400).

Enquanto fazíamos a pesquisa e montavamos o roteiro, veio a grata surpresa de que o super-herói, Jaspion, existia e vivia no Japão. Onde? Na ilha de Okinawa!

Depois do sucesso de duas décadas como o maior (eu disse, MAIOR) super- herói japa de todos os tempos. Hoje, Seiki Kurosaki trabalha como guia de mergulho e instrutor submarino, na ilha.

Seiki Kurosaki, hoje é instrutor de mergulho

Seiki Kurosaki, hoje como instrutor de mergulho

 

A ilha de Okinawa fica ao sul do Japão. A província é um arquipélago formado por mais de cem ilhas. É também chamada de “Havaí do Japão” devido à suas belas praias, pelo clima predominantemente quente e ótimos pontos de mergulho.

Possui uma cultura distinta com vestes e danças folclóricas, que foi influenciada pela dinastia chinesa e uma história significamente diferenciada do resto do Japão.

Ilha de Tokashiki, onde as crianças e voluntários locais limpam as praias após cada tufão

Ilha de Tokashiki, onde as crianças e voluntários locais limpam as praias após cada tufão

Fizemos os ajustes no roteiro, as considerações e com a ajuda da nossa agente de viagens, entendemos que querer conhecer tudo, iria atrapalhar o nosso cronograma e acabaríamos por não conhecer, nada.

Seiki Kurosaki

Seiki Kurosaki

Optamos por deixar de viver essa experiência e aproveitamos para explorar a cidade de Hiroshima, um lugar incrível, com uma lição enorme de superação.

Jaspion (Kyojuu Tokusou Juspion 巨獣特捜ジャスピオン Kyojū Tokusō Jasupion) será sempre uma boa lembrança. E ter feito a pesquisa sobre a ilha de Okinawa, só nos motivou a querer voltar e explorar melhor esse país tão grandioso em ensinamentos, costumes e cultura, que é o Japão.

E da próxima vez, com certeza, vamos separar alguns dias para conhecer a ilha onde o Jaspion mora e trabalha.



Comments

comments